Bermuda Feminina - Life Span 10
  Carregando... Por favor, aguarde...
Life Span 10

Bermuda Feminina

  • Imagem 1

Preço:
R$151,97
Marca:
Condição:
Novo
Peso:
240.00 KGS
Duvida:

Descrição do Produto

tamanho-rooupas-medidas.png

1. Tecido:Tecidos Suplex (1ª linha) GRAMATURA: 320 g/m2 – COMPOSIÇÃO: 88% Poliamida e 12% Elastano.2. Durabilidade:Vida útil da peça.3. Benefícios: Tecnologia infravermelho longo (MÁXIMA EFICIÊNCIA).Tecido Antibacteriano.Anti UVA e UVB.
ÁCIDO LÁTICO

ESTUDO DUPLO-CEGO DE FIBRAS COM INFRAVERMELHO LONGO E ESCLARECIMENTO DE PESQUISA DE EFEITOS DE LACTATO EM ATLETAS

 

AUTORES: * Dr. José Antonio Garcia Villegas * Dra. Maria Teresa Martinez Rocamora * Prof Manuel Canteras Jordana * Investigação, Monitoramento e Avaliação do Atleta Center for High Performance Sports "Infanta Cristina". 30.710. Los Alcazares - MURCIA. ** Departamento de Bioestatística. Faculdade de Medicina. Universidade de Murcia. Depósito Legal: C-83/97

 

RESUMO: Nós estudamos um grupo de 24 ciclistas com nível de formação regional (300-500 km / semana). Para investigar os efeitos do infravermelho longo em tecidos sobre o lactato, foram criados dois grupos randomizados de 12 ciclistas cada. Ambos os grupos têm realizado um protocolo de ergômetro máximo com idêntica incrementos de 50 watts a cada cinco minutos, recolhendo amostras de lactato sanguíneo capilar. Teste foi repetido uma semana, nas mesmas condições, mas usando uma roupa que irá conter o infravermelho longo e em outro caso roupas neutra. Ele seguiu o protocolo duplo-cego para evitar os efeitos do pessoal da investigação ou os próprios atletas sobre a ação dos tecidos para estudar. Uma vez que a coleta de dados foi realizada, um estudo estatístico com base em análise de variância para medidas repetidas, correspondendo a um planejamento fatorial com os seguinte fatores principais: prova, carga e grupo; e o fator de atletas juntos. Ocorreram diferenças significativas entre os grupos e as provas encontrando interação entre as cargas e os grupos de testes, indicando que as diferenças entre os grupos varias conforme a carga. Resultando em que o grupo que utilizou os shorts pretos diminuiu o nível de lactato no segundo teste significativamente diferenciada do outro grupo. Após a abertura do envelope foi identificado que os shorts pretos continham o infravermelho longo em estudo.

 

 

FIBROMIALGIA

EFEITOS DA RADIAÇÃO NO INFRAVERMELHO LONGO EM PACIENTES PORTADORES DE SÍNDROME DA FIBROMIALGIA

A Síndrome da Fibromialgia (SFM) se caracteriza por dores musculares difusas pelo corpo, de caráter crônico, que acomete preferencialmente mulheres. Associa-se freqüentemente a distúrbios do sono, fadiga, estresse, distúrbios psiquiátricos entre outros. O diagnóstico é baseado em achados clínicos, onde se encontram os tender points ou pontos dolorosos. A SFM traz limitações à capacidade funcional, pelo caráter crônico da dor, interferindo diretamente na saúde e na qualidade de vida, acarretando problemas sociais e psicológicos, o que justifica a busca de recursos para diminuir o impacto da síndrome na vida das pacientes. O objetivo deste estudo foi verificar a eficácia da radiação no infravermelho longo nos sintomas da SFM, visando uma melhora na dor, nos distúrbios do sono e no estresse. A radiação no infravermelho longo (IVL) é uma corrente eletromagnética de comprimento de onda de 4 a 16 mm, que tem demonstrado ser eficaz na melhora da dor e na qualidade do sono. Participaram deste estudo 23 mulheres, 14 receberam o tratamento com o IVL e 9 pacientes foram controle. Foram aplicadas 12 sessões de IVL, duas vezes por semana por 6 semanas consecutivas. As pacientes foram avaliadas pelo Fibromialgia Impact Questionnaire (FIQ), questionário de qualidade de vida (SF-36) e o questionário de dor de McGill. A dor foi mensurada pela escala analógica visual de dor antes e após o tratamento. Os resultados demonstraram que o tratamento foi efetivo para redução da dor referida, pela escala analógica visual, além de ter demonstrado melhora na qualidade do sono, sugerindo que o tratamento com IVL pode ser utilizado para a melhora da qualidade de vida de pacientes com SFM. CONCLUSÃO: Com base nos resultados obtidos no presente estudo, é possível inferir que o tratamento com IVL em pacientes portadores de SFM foi efetivo para redução das dores generalizadas, além de ter demonstrado melhora na qualidade do sono, na depressão e na disposição geral, proporcionando às pacientes uma melhora na qualidade de vida.

 

 

INFLAMAÇÃO DO NERVO CIÁTICO

EFEITOS DO INFRAVERMELHO LONGO NA REDUÇÃO DO PROCESSO INFLAMATÓRIO NO ESMAGAMENTO DO NERVO CIÁTICO EM RATOS

Os nervos periféricos são frequentemente traumatizados, ocorrendo perda ou diminuição da sensibilidade e da motricidade no território inervado. Assim, estudos baseados no desenvolvimento de novas terapias, minimamente invasivos se fazem necessários. A radiação no infravermelho longo (IVL) está compreendida entre 4 a 16 µm do espectro eletromagnético, tendo sida relatada como eficaz no tratamento de processos inflamatórios, porém não foi estudada anteriormente como coadjuvante no processo de reparação neuronal. Este estudo teve como objetivo investigar o processo inicial da recuperação do nervo ciático em ratos, após lesão por esmagamento, tratados com IVL através de avaliação funcional (Índice Funcional do Ciático-IFC) e avaliação histo morfométrica (área de bainha de mielina). Foram utilizados neste estudo 12 ratos Wistar, divididos em grupo controle e grupo tratado. O nervo ciático dos animais de ambos os grupos foi abordado, e o esmagamento ocorreu com o auxílio de uma pinça Kelly com pressão de aproximadamente 6N, mantida por 30 segundos. A terapia com IVL foi realizada no grupo tratado, tendo início 30 minutos pós-operatório, repetindo-se após 24h, 48h e 72h. Todos os animais foram sacrificados no 21º dia pós-operatório, para análise histo morfométrica. A recuperação funcional foi avaliada no período pré-operatório e pós-operatório respectivamente nos dias 7º, 14º, 21º, através do cálculo do IFC, apresentando uma melhora progressiva em ambos os grupos, porém os valores mais expressivos foram para o grupo tratado. Houve diferença significativa do IFC do grupo tratado entre 7 e 21 dias pós-operatório (p<0,05), demonstrando expressiva recuperação deste grupo ente duas fases da lesão, uma vez que no grupo controle a evolução do índice não foi estatisticamente notada entre os diferentes períodos de avaliação. O valor médio da área da bainha de mielina não apresentou diferenças significativas na comparação entre o grupo tratado e o controle. Os resultados demonstraram que, ainda que não tenham sido observadas diferenças estatísticas entre grupo controle e tratado, no que se refere à área de mielinização e IFC, neste último observa-se aceleração no processo de reparação entre 7 e 21 dias pós-tratamento.

Conclusions: These results demonstrate that FIR therapy exerts a potent antiinflammatory effect via the induction of HO-1. The ability of FIR therapy to inhibit inflammation may play a critical role in preserving blood flow.

 

 

SONO

Segundo Masuda et al. (2005) a excitação do sistema nervoso central é reduzida pelo aumento da temperatura do sangue no hipotálamo, conseqüentemente a terapia com infravermelho longo tem efeito sonífero, podendo reduzir à fadiga e dor com a melhora nos distúrbios do sono.


 

 

CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA
Far - Infrared Therapy: A Novel Treatment to Improve Access Blood Flow and Unassisted Patency of Arteriovenous Fistula in Hemodialysis Patients Chih-ChingLin,*Chao-FuChang,Ming-YuLai,*Tzen-WenChen,*Pui-ChingLee, Medicine and School of Medicine, National Yang - Ming University, and Municipal Hoping Hospital, Taipei, Taiwan, Republic of China Conclusion: Our study provides evidence that FIR therapy, a convenient and non invasive technology, may beane ffective therapeutic modality in improving access flow and patency of the AVF in HD patients. Ise et al. (1987) detectaram um aumento da circulação sanguínea periférica após a exposição ao infravermelho longo. Foi medida a mudança no fluxo sanguíneo dos braços em 9 pacientes jovens e saudáveis. Foram aplicados em série nove discos com infravermelho longo no braço esquerdo em contato direto sobre a pele. Controles receberam discos plásticos sem a cerâmica. Os pacientes foram mantidos a temperatura ambiente de 24°C ±1°C. Após 20 minutos de uso foi detectado aumento no fluxo sanguíneo em 6 dos 9 pacientes, demonstrando que a radiação infravermelha pode aumentar a temperatura da pele com eventual efeito nas veias, induzindo um aumento na circulação sanguínea.

 

 

REPARAÇÃO DE FERIDAS

O EFEITO DA RADIAÇÃO INFRAVERMELHO LONGO E MICRO CORRENTES SOBRE O PROCESSO DE REPARAÇÃO DE FERIDAS EM RATOS


Univap - Facul. Ciên. da Saúde, S. J. Campos, Brasil Unitat d´Histologia i Neurobiologia, Espanha Facultat de Medicina i Ciències de la Salut, Espanha Universitat Rovira i Virgili, Reus, Espanha


Conclusão:  O efeito positivo do Infravermelho na redução do processo inflamatório é evidente, uma vez que nenhum animal apresentou formação de edema ou exsudato inflamatório entre 24 e 72 horas pós-cirurgia. Existe limitado efeito da terapia com micro correntes, no protocolo testado, quanto à diminuição da inflamação e aceleração do processo de reparação tecidual.

 

VITAMINA D

Você já parou para pensar qual a verdadeira importância dos raios solares em nossa vida? quanto eles podem proporcionar benefícios ou quanto podem gerar prejuízos na nossa saúde?


Estas informações têm por objetivo acrescentar conhecimentos ao leitor em três importantíssimas questões em relação às radiações solares. Estes raios dividem-se em três categorias diferentes, que são eles: Raios de luz Ultravioleta, Raios Visíveis e Infravermelhos. Os Raios de Luz “U" (Ultra) "V” (Violeta) dividem-se em três seções de acordo com seus cumprimentos de onda do sol para a terra, estes raios são UVA,UVB (está localizado no infravermelho distante) e UVC. Deve-se esclarecer que todos os raios do sol, desde que exposto em demasia são prejudiciais ao ser humano. Por este motivo a utilização de protetores solares e baixa exposição ao sol acabaram gerando a carência dos seus benefícios ao ser humano. Vamos começar pelos raios do sol mais prejudiciais a saúde: Os raios UVA são os raios de cumprimento de ondas mais presentes durante todo o ano com a mesma intensidade, e considerada a sua luz de raios X, são os raios que mais dano fazem a pele por ter um poder de penetração mais profundo, e a responsável também pelo envelhecimento, como também são responsáveis por surgimento do câncer e alergias.

Encontrar produtos similares pela categoria

Deixe seu comentário sobre o produto

Comentários sobre o produto

  1. Excelente produto

    Postado por Juliana de Jesus em 11th Jan 2017

    Gosto muito me ajudou bastante


Clientes que viram este produto também viram


Facebook
Twitter
Google Plus
WhatsApp
Loja virtual Life Span 10
Televendas:
73 99823 4424
27 99798 0065
SAC@AQUANTICA.XYZ
Atendimento:
Seg à Sex das 08:00 às 18:30
Sábado 08:00 às 16:00
CNPJ 20.888.366/0001-56
 

Rua Itiúba, 191, Centro Itiúba, Itiúba-Jaguaquara-BA